Facebook Ads: as regras dos anúncios

scroll

Para começar a utilizar a plataforma Facebook Ads é fundamental que saiba as regras de anúncios implementadas pela rede social. Atualmente estas regras têm sido um grande tema pois todos os dias são restringidas contas de anúncios e vários negócios ficam com os seus anúncios e contas bloqueadas, o que resulta num grande prejuízo nas vendas.

O Facebook, com 2,7 mil milhões de utilizadores mensais, é considerada a maior rede social do mundo. Sendo uma das redes sociais mais poderosas, onde todos os dias milhões de pessoas partilham histórias e experiências em diversos idiomas, tornou-se também numa das estratégias mais usadas em Marketing Digital. 

Facebook ads é a forma de anunciar no Facebook, onde é possível criar os mais variados anúncios e com diferentes objetivos. Para aprender como pode fazê-lo, leia o nosso artigo sobre Facebook Ads onde lhe iremos explicar ao pormenor esta ferramenta. 

Conteúdos Proibidos

Ao criarmos os nossos anúncios somos livres de escolher como e a quem queremos mostrar o nosso conteúdo. Numa ótica perfeita poderíamos anunciar todos os nossos posts e da forma que quiséssemos. Infelizmente ou felizmente, isso não acontece e o Facebook restringe com diversas políticas. A verdade é que caso pudéssemos postar e anunciar tudo o que gostássemos, sem regras, iria implicar que poderiam haver anúncios sobre ideologias políticas, violência, nudez, produtos ilegais, entre outros. Acima de tudo estas regras visam a autenticidade dos factos e a segurança de todos nós. 

Antes de os anúncios irem para o ar, são revistos pelo Facebook e verificados se todas as políticas estão dentro das normas. Estas normas estão divididas em diferentes temas. 

Padrões da Comunidade 

Com padrões da comunidade, o Facebook entende conteúdos de interesse público. Os anúncios que desrespeitarem estes padrões, como incentivos à violência, ódio, fraude, venda de produtos ilegais como drogas não medicinais ou medicamentos, conteúdos que ponham em causa a segurança como nudez, exploração sexual ou bullying, serão retirados e podendo até a conta chegar a ser desativada.

Produtos ou serviços ilegais

Apelar a produtos, serviços ou atividades ilegais é proibido, assim como promover a menores produtos inapropriados a esta faixa etária. 

Práticas discriminatórias

Facebook Ads a encorajar a discriminação com base em características pessoais como raça, etnia, cor, nacionalidade, religião, idade, sexo, orientação sexual, identidade de género, situação familiar, deficiência, condição médica ou genética são excluídos pela rede social. Ao criar um anúncio é também proibido utilizar as ferramentas de seleção do público-alvo para definir ou excluir grupos específicos de pessoas com base nestas características.

Tabaco, drogas e produtos relacionados

Promover a venda ou o consumo de tabaco, cigarros eletrónicos, charutos, cachimbos de água, mortalhas, drogas ilegais ou bares com cachimbos é desautorizado. 

Suplementos perigosos

Anúncios a promover a venda ou utilização de suplementos perigosos, como esteroides anabolizantes, quitosana, consolda, dehidroepiandrosterona, efedrina e hormonas de crescimento são banidos. 

Armas, munições e explosivos

Os anúncios estão impedidos de promover a venda ou a utilização de armas, munições, explosivos e todos os acessórios relacionados com estes objetos. Casos específicos relacionados com caça, cofres para armas, entre outros são permitidos quando o público definido é de idade igual ou superior a 18 anos.

Produtos, serviços ou conteúdo para adultos

Não é permitido em Facebook Ads promover o uso ou venda de produtos e serviços para adultos. Como exceção são aqueles que se destinam ao planeamento familiar e contracepção, caso se foquem nas funcionalidades contraceptivas do produto e não no prazer sexual. Nestes casos, o público terá de estar definido para a faixa etária mínima de 18 anos. 

Conteúdos de nudez, representações de pessoas em posições explícitas, sugestivas ou sexualmente provocadoras são banidas. 

Desrespeito por terceiros

Anúncios que incluam conteúdos que infringem os direitos de terceiros, seja direitos de autor, marcas comerciais, privacidade, publicidade, direitos pessoais ou de propriedade não são aprovados. 

Conteúdo sensacionalista

Todo o conteúdo que seja chocante, sensacionalista, ofensivo ou violento não é permitido.

Características pessoais

Anúncios que indiquem afirmações diretas ou indiretas de características pessoais sobre raça, etnia, religião, crenças, idade, sexualidade, identidade de género, deficiência, doença, estatuto financeiro, estatuto eleitoral, adesão a um sindicato, registo criminal ou nome de uma pessoa não são permitidos. 

Informações incorretas

Anúncios que incluam informações incorretas denunciadas por verificadores de factos externos ou por determinadas organizações com competências específicas são reprovados.

Conteúdo controverso

O Facebook não permite conteúdos relacionados com questões polémicas sejam políticas ou sociais. 

Páginas de destino não funcionais

Os anúncios não podem direcionar as pessoas para páginas de destino não funcionais. Alguns exemplos de páginas não funcionais são páginas de erro, sites em construção, ficheiros PDF, páginas que não correspondem ao produto promovido no anúncio ou enviar as pessoas para grupos fechados ou secretos do Facebook.

Práticas fraudulentas e enganosas

Não são permitidos Facebook Ads de produtos e serviços que sejam concebidos para permitir que os utilizadores participem em práticas fraudulentas ou enganosas. Localizadores de telemóveis, detetores de radares ou documentos falsos são alguns dos exemplos.

Gramática e profanidade

Os anunciantes estão proibidos de utilizar profanidade ou gramática e pontuação incorretas. O criativo deverá ser adequado, sem a intenção de contornar o processo de revisão de anúncios do Facebook. 

Funcionalidade inexistente

As imagens dos anúncios não podem conter funcionalidades inexistentes como botões de reprodução, notificações ou opções de escolha múltipla na própria imagem. A utilização de botões que mostram para onde é direcionado o anúncio, como um botão “Comprar agora” a direcionar as pessoas para um site, já é permitido.

Saúde pessoal

Imagens de antes e depois, que ampliem partes do corpo ou que indiquem resultados improváveis não são permitidas em anúncios. Os anúncios que tenham o objetivo de criar uma imagem própria negativa para promover produtos de perda de peso, dieta ou outras características relacionadas com saúde são proibidos.

Empréstimos a curto prazo, adiantamento salarial e pagamento de fianças

Não é permitido promover empréstimos, adiantamento salarial, pagamento de fianças ou outros empréstimos de curto prazo com a intenção de cobrir as despesas da pessoa.

Marketing Multinível

Os anunciantes não podem promover oportunidades de enriquecimento rápido em troca de pouco investimento e têm de descrever na íntegra o produto ou o modelo de negócio que estão a promover.

Leilões com taxa de licitação

Não é possível promover leilões com taxa de licitação ou outros modelos de negócio semelhantes.

Alegações enganosas

Alegações enganosas e falsas, dicas e truques exagerados sobre saúde, emprego, perda de peso ou relativas à eficiência de um produto não são permitidas. 

Conteúdo inoportuno ou de baixa qualidade

Anúncios a remeter para páginas de destino externas com experiências inesperadas, enganadoras ou com poucos conteúdos originais ou conteúdos sem relação ou de baixa qualidade não são permitidos.

Spyware ou malware

Anúncios que contenham spyware, malware ou outro software que resulte numa experiência inesperada ou enganadora são banidos.

Animação automática

Não são permitidos anúncios com áudio ou animações flash que sejam reproduzidos automaticamente sem a interação da pessoa.

Práticas de negócio inaceitáveis

Os anúncios não podem promover práticas enganosas e falsas, onde o objetivo seja extorquir dinheiro ou informações pessoais. 

Contornar os sistemas

Os anunciantes não podem utilizar técnicas com o propósito de contornar o processo de revisão de anúncios do Facebook. A utilização de caracteres ou símbolos Unicode no texto do anúncio, a restrição à página de destino ou a criação de novas contas de anúncios após o Facebook reprovar o mesmo não são opções a ter em conta. 

Produtos e serviços financeiros proibidos

Produtos e serviços financeiros que são associados a práticas enganosas como oferta de moedas iniciais, opções binárias ou a transação de contratos por diferença não podem ser anunciados. 

Desincentivar a toma de vacinas

Facebook Ads a promover o desencorajamento das pessoas de se vacinarem são proibidos. 

Pedir informações sem autorização prévia do Facebook em anúncios de leads

As perguntas nos anúncios de leads não podem pedir sem autorização prévia do Facebook informações relativas a números de contas, registo criminal, documentos oficiais de identificação, afiliação política, raça, etnia, religião, orientação sexual, filiação sindical, registo de utilizador e respetiva palavra-passe, informação financeira, de saúde ou de seguros.

Como são revistos os anúncios?

Antes de publicados, os anúncios são todos revistos para ter a certeza que estão de acordo com as regras que mencionamos anteriormente. Ao longo deste processo, são verificadas as imagens, o texto, a página de destino, o posicionamento do anúncio e o público-alvo. Usualmente, os anúncios são revistos num período de 24 horas mas, em alguns casos, poderá demorar mais. Assim que o anúncio for revisto, irá receber uma notificação se o anúncio foi aprovado ou não.

Anúncio rejeitado: o que fazer

Se o seu anúncio foi rejeitado, o primeiro a fazer é ver as informações sobre o porquê de ter sido rejeitado. Agora que já conhece as regras que mencionamos acima, será fácil descobrir quais está a infringir e, desta forma, poderá editar o anúncio ou, caso ache que deveria ter sido aprovado, poderá pedir nova revisão desta decisão em qualidade da conta. 

facebook ads

Depois da nova revisão, caso seja aprovado e as suas campanhas de Facebook Ads estiverem ativas, o anúncio irá ser automaticamente publicado.

Conta restringida: o que fazer

Se a sua conta de anúncios estiver proibida de publicitar irá receber a seguinte notificação ao entrar no seu gestor de anúncios. 

facebook ads

Ao clicar no botão “Ver os detalhes” poderá conhecer os motivos pelos quais a sua conta ficou restringida, que poderão ser: 

  • Demasiados anúncios rejeitados - se uma conta está repetidamente a tentar publicar anúncios que não correspondem à política do Facebook. 
  • Contornar o processo de revisão de anúncios - quando um anunciante tenta enganar ou evitar o processo de revisão.
  • Comportamentos inautênticos e enganadores - no caso de ser uma conta falsa ou enganar pessoas sobre a fonte ou origem dos conteúdos anunciados. 
  • Redes ou associações suspeitas ou em desrespeito - quando são verificados comportamentos semelhantes em várias contas comerciais, onde o anunciante partilha contas de anúncios, fontes de dados, páginas e públicos.

Para voltar a ter a sua conta de Facebook Ads novamente, aceda a qualidade da conta e clique no botão azul “Pedir revisão” e avance com o processo. Também poderá falar com o chat de suporte do Facebook para obter

mais informações e acelerar o processo. 

facebook ads

facebook ads

A reativação da conta demora alguns dias, dependendo de caso para caso. Aconselhamos que crie uma nova conta de anúncios para que não fique com o seu negócio debaixo de água enquanto tem a sua conta parada.

Agora que conhece todas as regras que deve ter em mente ao criar os seus conteúdos no Facebook, está preparado para desenvolver os seus anúncios sem correr riscos inesperados. 

Ana São José

Ana São José

Social Media Manager

close
Peça-nos uma proposta
Entre em contacto com a nossa equipa de especialistas e peça-nos uma proposta sem compromisso.

Dados do seu Negócio

B2B (Os seus clientes são empresas)
B2C (Os seus clientes são consumidores finais)
Ambos
500€ a 1000€
1000€ a 2000€
2000€ a 5000€
Mais de 5000€

Os seus dados

Notas / Observações

Li e aceito a Política de Privacidade *